Menos internados, mas mais em UCI; Casos ativos descem
16/10/2021 14:48 em Notícias

 

A pandemia de Covid-19 regista uma "intensidade reduzida" em Portugal, mas verifica-se uma "tendência crescente" da incidência de novas infeções nos idosos com 80 ou mais anos, indica o relatório das 'linhas vermelhas' divulgado esta sexta-feira. 

"O grupo etário dos indivíduos com 80 ou mais anos apresentou uma incidência cumulativa a 14 dias de 113 casos por 100 mil habitantes, que reflete um risco de infeção superior ao risco da população em geral, com tendência crescente", sublinha o relatório.

A Direção-Geral de Saúde informou também ontem que Portugal inicia na próxima segunda-feira, dia 18, a vacinação em simultâneo contra a Covid e contra a gripe.  "Esta medida visa facilitar a adesão à vacinação no âmbito das campanhas de vacinação" para ambas as doenças, sublinhou a autoridade de saúde. 

A taxa de incidência de infeções com SARS-CoV-2 nos últimos 14 dias a nível nacional voltou a subir, fixando-se agora nos 84,2 casos por 100 mil habitantes assim como o índice de transmissibilidade (Rt) é 1 em todo o território, segundo os dados do mais recente boletim epidemiológico. 

Consulte os mapas da evolução da pandemia do novo coronavírus em Portugal e no Mundo.

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19 em Portugal e no Mundo:

14h10 - Mais dez mortes e 612 infetados em Portugal. Portugal registou, nas últimas 24 horas, mais dez mortes relacionadas com a Covid-19 e 612 casos de infeção com o novo coronavírus, reporta a Direção-Geral de Saúde no boletim epidemiológico deste sábado. 

O número de internamentos voltou este sábado a cair. No entanto, há mais infetados em unidades de cuidados intensivos. Atualmente, há 285 pessoas internadas (menos 16 do que ontem), sendo que 59 estão em unidades de cuidados intensivos (mais quatro do que ontem).

 

 

13h53 - Os espaços culturais, desportivos e de diversão em Macau, encerrados desde 6 de outubro para evitar a transmissão comunitária da covid-19, podem reabrir na terça-feira, foi hoje anunciado.

13h20 - Os Açores registaram 11 novos casos positivos de Covid-19 nas últimas 24 horas, 10 dos quais na ilha de São Miguel e um na ilha do Faial, revela hoje o comunicado da Autoridade de Saúde Regional.

12h30 - África regista 215.265 mortos devido à Covid-19 desde o início da pandemia e 2.420.043 infetados, de acordo com os dados oficiais mais recentes.

10h35 - Rússia regista pela primeira vez mais de mil mortes em 24 horas (1.002), anunciaram hoje as autoridades de saúde do país. De acordo com as autoridades de saúde, foram registadas 33.208 novas infeções, um novo recorde diário.

8h40 - Os hábitos alimentares e de atividade física dos portugueses alteraram-se ao longo dos primeiros 12 meses de pandemia da Covid-19, indica um estudo da DGS. A maioria considera que mudou para melhor.

8h15 - Conselho de Saúde dos EUA aprova reforço da vacina Johnson & Johnson contra a Covid-19, temendo que pessoas com dose única não estejam tão protegidas como com duas doses, noticia a AP.

8h08 - A China detetou 14 casos de Covid-19 nas últimas 24 horas, todos oriundos do estrangeiro, anunciaram hoje as autoridades de saúde do país asiático.

7h55 - Índia reabriu na sexta-feira as suas fronteiras aos turistas estrangeiros que cheguem em voos charter, 19 meses depois de o Governo indiano ter limitado a entrada no país para conter a expansão da pandemia.

7h50 - A pandemia de Covid-19 regista uma "intensidade reduzida" em Portugal, mas verifica-se uma "tendência crescente" da incidência de novas infeções nos idosos com 80 ou mais anos, indica o relatório das 'linhas vermelhas' divulgado ontem. 

 

7h40 - Bolsonaro ironiza sobre acusação de homicídio na gestão da pandemia.

"Sabiam que eu fui indiciado hoje [sexta-feira] por homicídio? Alguém está sabendo aí? A CPI me indiciou por homicídio. O Renan Calheiros me indiciou por homicídio. Onze crimes", disse Bolsonaro, entre risos, em conversa com apoiantes no Palácio da Alvorada, a sua residência oficial em Brasília. Declarações que surgem algumas horas após o relator da CPI, senador Renan Calheiros, ter afirmado que deverá acusar Bolsonaro de 11 crimes cometidos na condução da crise sanitária no país

7h35 - Alemanha diagnosticou mais 10.949 infeções  pelo novo coronavírus  nas últimas 24 horas, aumentando o total de casos, desde o início da pandemia, para  4.365.107. De acordo com os dados atualizados este sábado pelo Instituto Robert Koch, no último dia morreram da doença 75 pessoas. No total, o país acumula 94.601 mortes associadas à Covid-19. 

COMENTÁRIOS