'Faltou a Ford dizer a verdade. Querem subsídios', diz Bolsonaro sobre saída da empresa do Brasil
12/01/2021 16:29 em Notícias

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta terça-feira lamentar a perda de empregos que será causada pela decisão da Ford de encerrar a fabricação de automóveis no Brasil, mas disse que a empresa não fala a "verdade" e que queria subsídios para continuar no país

Lamento os cinco mil empregos perdidos — disse Bolsonaro a apoiadores, na saída do Palácio da Alvorada. — Mas o que a Ford quer? Faltou a Ford dizer a verdade. Querem subsídios. Vocês querem que continuem dando R$ 20 bilhões para eles, como fizeram nos últimos anos? Dinheiro de vocês, do imposto de vocês.

 

A decisão da Ford foi anunciada na segunda-feira. A produção será interrompida imediatamente em Camaçari (BA) e Taubaté (SP). A fabricação de algumas peças será mantida por alguns meses para sustentar os estoques para vendas de reposição.

Fuga de cérebros:Pandemia acelera saída de profissonais qualificados do Brasil

Em sua fala, Bolsonaro criticou a manchete da edição impressa desta terça do GLOBO.

— Ford anunciou a saída do Brasil. São cinco mil empregos. O que a imprensa faz? A capa do Globo: "falta de ambientes de negócios, Ford sai do Brasil". Há três anos a Ford anunciou que não ia mais produzir carro de passeio nos Estados Unidos. Falta de ambiente de negócio, na verdade, eles tiveram subsídio nosso nos últimos anos, de 20 bilhões de reais.

Entre os motivos para a decisão, Lyle Watters, presidente da Ford na América do Sul, citou um "ambiente econômico desfavorável" agravado pela pandemia.

COMENTÁRIOS